segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Sobre os pais



Discípulo: Mestre me responda de forma direta, o que você considera mais importante na vida?

Mestre: Nossos Pais.

Discípulo: Difícil seria discordar disso do senhor... Mas ainda assim, a fim de me aprofundar em seus pensamentos me explique o porquê o senhor considera isso?

Mestre: Se um pai te maltrata, você tenta ser diferente do que ele foi para ser um pai melhor. Se uma mãe trai seu pai, você procura uma mulher que não vá te trair para que você não sofra com seu pai sofreu. E vice versa. Se seu pai é bom, você seguirá seus conselhos e será um bom homem, talvez ainda melhor do que ele. Se você tem uma grande mãe você será um grande esposo e talvez um grande pai.

Discípulo: Se tudo fosse assim não haveria pessoas más no mundo. Todos seguiriam os bons exemplos ou tentaria ir contra os maus exemplos dos seus pais.

Mestre: Faltou eu falar de um tipo de pai e mãe.

Discípulo: Qual?

Mestre: Os ausentes esses não dão nem bons nem os maus exemplos. Esses na verdade nem são pais. E assim nascem as pessoas más.

2 comentários:

Maryjeco disse...

Gostei. Mestre muito sábio. rsrs
Um abraço

Odair Ribeiro disse...

Realmente, no mundo em que vivemos, a maioria dos pais raramente estão presentes.

Abração!